A GARANTIA DO RESPEITO PELO VINHO

 
 
 

Enotext

 
A ENOTEXT é uma empresa de Vitivinicultura, fundada em 2003 e tem como parceiros em Portugal as seguintes empresas:
  • Institute Oenologique de Champagne ( IOC) fundada em 1890, com sede em Epernay, possui 10 laboratórios acreditados (COFRAC), investiga e desenvolve metodologias de trabalho nas diversas províncias vinícolas de França, bem como em muitas regiões vitivinícolas do mundo;
  • IO Consulting é uma associada da IOC que aplica a investigação e o desenvolvimento das novas metodologias junto dos seus clientes;

A nossa principal representada (IOC) dispõe de técnicos que visitam periodicamente o nosso país a fim de contactarem directamente os nossos estimados clientes.
A Enotext com sede em Moreira Maia e filial em Santarém, tem um corpo técnico que visita com regularidade as diversas regiões do país.
 
 

Serviços

 
 
 

Marcas

 
 
 
 
 
  • Indústria Têxtil
  • Leveduras
  • Produtos Enológicos
  • Representantes IOC
 
 
 
IOC - Institute Oenologique de Champagne
 
 
 
 
 
 
 
 

Catálogos Enotext

 
Consulte os nossos catálogos e descubra tudo o que podemos fazer por si
 
 
 
 

Serviços

 
Os nossos serviços especializados em distribuição e revenda de produtos enológicos, tais como: leveduras, enzimas, optimizadores de fermentação, taninos, bactérias, produtos sulfurados, correctores, colagem de vinhos, clarificação de vinhos, clarificação & estabilização, derivados de madeira, entre outros. Fazemos ainda, armazenamento, importação, promoção e fornecimento de matérias primas para a indústria Vitivinícola.
 
 
 

O Controlo da tomada de espuma

 
Até aos dias de hoje só o afrómetro (inventado no sec. XIX) permitia medir e controlar a subida de pressão na tomada de espuma. O Institute Oenologique de Champagne, em colaboração com a sociédade DAVESNE, propõe um novo sistema de controlo da pressão e temperatura à distância. Este controlador de impermeabilidade telemétrica (CIT) é introduzido directamente na garrafa. A medição pode assim ser feita sem perfuração da rolha ou cápsula, respeitando efectivamente a integridade destas.
 
 
 

Oxigénio nos Vinhos - Técnicas

 
OXIGÉNIO: um factor não controlado:
 
As quantidades de oxigénio incorporadas, aquando de uma operação enológica, são extremamente variáveis, dependendo das diferentes práticas, materiais e operadores. Não é tanto a quantidade de oxigénio que interessa, mas sim a sua variação numa mesma operação unitária... de uma garrafa para a outra. Se nenhuma precaução for tomada, o ar continua em contacto com o vinho; o papel do enólogo não é impedir este contacto, mas controlá-lo de acordo com as suas necessidades. Poderiam imaginar, num só instante, que um factor de produção como o açúcar numa chaptalização ou o SO2 fossem introduzidos de maneira descontrolada em concentrações desconhecidas...da mesma maneira o factor produção “oxigénio” deve ser mesurado.
 
 
 

Técnicas

 
 
 
 
Controlo dos gases nos vinhos:

  • A diligência Oxigénio
  • Inertização e Desoxigenação
  • Jetting & Dropping
  • Micro e Hiperoxigenação
  • Oxigénio nos Vinhos
  • A Flotação
  • O Controlo da Tomada de Espuma
 
 
 
 
 
 
 

 

Formulário de Contacto